EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Onda de calor no Mediterrâneo

Onda de calor no Mediterrâneo
Direitos de autor Riccardo De Luca/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Riccardo De Luca/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na província italiana de Siracusa foram registados 48,8 graus

PUBLICIDADE

As autoridades regionais da Sicília registaram na quarta-feira um recorde de calor em Itália, com 48,8 graus Celsius, causado pelo anticiclone Lúcifer. O país está enfrentar a semana mais quente do ano e toda a região do sul está em alerta.

Os especialistas avisam que as alterações climáticas já estão a afetar, de várias formas, todas as regiões da Terra.

Gianmaria Sannino, Climatologista do Laboratório ENEA, revela que os especialistas estão surpreendidos com a intensidade dos mais recentes eventos climáticos extremos e pelos recordes que estão a ser batidos semana após semana. “Segundo o painel internacional para o clima, temos uma janela de nove anos pela frente para mudar de rumo e tentar mitigar as alterações climáticas", sublinha Sannino.

Também a intensa onda de calor que vai afetar Espanha e Portugal, pelo menos até segunda-feira, subiu para o máximo o risco de incêndios em grande parte da Península Ibérica.

Segundo o estudo da Organização das Nações Unidas revelado esta semana, nenhum país está a salvo dos efeitos cada vez mais intensos das alterações climáticas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Água do Mediterrâneo está cada vez mais quente

Primeiro ciclone tropical atlântico faz subir temperaturas em Sevilha

Vaga de calor dá combustível a incêndios florestais