Última hora
This content is not available in your region

Onda de calor no Mediterrâneo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Onda de calor no Mediterrâneo
Direitos de autor  Riccardo De Luca/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades regionais da Sicília registaram na quarta-feira um recorde de calor em Itália, com 48,8 graus Celsius, causado pelo anticiclone Lúcifer. O país está enfrentar a semana mais quente do ano e toda a região do sul está em alerta.

Os especialistas avisam que as alterações climáticas já estão a afetar, de várias formas, todas as regiões da Terra.

Gianmaria Sannino, Climatologista do Laboratório ENEA, revela que os especialistas estão surpreendidos com a intensidade dos mais recentes eventos climáticos extremos e pelos recordes que estão a ser batidos semana após semana. “Segundo o painel internacional para o clima, temos uma janela de nove anos pela frente para mudar de rumo e tentar mitigar as alterações climáticas", sublinha Sannino.

Também a intensa onda de calor que vai afetar Espanha e Portugal, pelo menos até segunda-feira, subiu para o máximo o risco de incêndios em grande parte da Península Ibérica.

Segundo o estudo da Organização das Nações Unidas revelado esta semana, nenhum país está a salvo dos efeitos cada vez mais intensos das alterações climáticas.