Última hora
This content is not available in your region

Museu da Língua Portuguesa reabre com Marcelo mas sem Bolsonaro

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Museu da Língua Portuguesa - São Paulo - Brasil
Museu da Língua Portuguesa - São Paulo - Brasil   -   Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O Brasil reabriu as portas do património linguístico. O Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo renasceu das cinzas.

O museu foi reinaugurado depois de quase seis anos fechado devido a um incêndio que destruiu grande parte do edifício e do património cultural.

O evento contou com a presença de figuras de proa, entre elas o Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, que discursou durante a inauguração.

O ministro da Cultura de Angola e o presidente de Cabo Verde também estiveram presentes. O governador do estado de São Paulo, João Doria, foi o anfitrião. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, foi o grande ausente.

A cerimónia de sábado foi exclusivamente dedicada a convidados, mas o dia 1 de agosto marcou a abertura oficial ao público. O museu regressa ampliado, com mais recursos e tecnologia.

A instituição cultural recebeu a Ordem de Camões, concedida pelo governo português, por serviços relevantes à língua portuguesa.

As portas do museu - onde as palavras são protagonistas - reabriram ao som do Hino Nacional Brasileiro e do Hino de Portugal cantados por Fafá de Belém.