EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Suicídio de quatro agentes que defenderam o Capitólio

Capitólio, Washington DC
Capitólio, Washington DC Direitos de autor Jose Luis Magana/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Jose Luis Magana/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Quatro agentes que participaram nas operações de defesa do Capitólio, nos Estados Unidos, durante o ataque de 6 de janeiro, suicidaram-se. O último foi Gunther Hashida

PUBLICIDADE

São já quatro os agentes da polícia que defenderam o capitólio no ataque de janeiro a suicidarem-se.

O Departamento da pPolícia Metropolitana de Washington DC confirmou que Gunther Hashida foi encontrado morto em casa a 29 de Julho.

Hashida tinha 43 anos, estava na polícia metropolitana há 18 anos, e é o quarto oficial dos que participaram na operação de defesa do capitólio a 6 de janeiro, a morrer por suicídio.

Os outros foram: Kyle deFreytag, que morreu a 10 de julho; Howard Liebengood, que se suicidou poucos dias após a insurreição e Jeffrey Smith, que pôs fim à vida um mês após o ataque dos apoiantes de Donald Trump ao Capitólio dos Estados Unidos da América.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ataque ao Capitólio foi há um ano e Biden vai responsabilizar Trump

Autoridades dispersam protestos na Universidade de Columbia e fazem várias detenções

Presidente dos EUA ataca Putin e Trump no discurso do Estado da União