Última hora
This content is not available in your region

Passaporte Verde obrigatório em Itália

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Passaporte Verde obrigatório em Itália
Direitos de autor  EBU
Tamanho do texto Aa Aa

Os protestos das últimas semanas, em Itália, não demoveram o Governo liderado por Mario Draghi.

O Passaporte Verde é obrigatório, a partir desta sexta-feira (06 de agosto) para entrar em espaços públicos como restaurantes, teatros, cinemas ou ginásios.

A partir de setembro, a apresentação do Passaporte Verde passa a ser obrigatória para qualquer pessoa que entre em mais espaços como transportes públicos, escolas e universidades.

"Estamos empenhados em fazer o nosso melhor para reabrir escolas em total segurança em setembro. Com esta nova lei do passaporte verde obrigatório como requisito de acesso às escolas para todos os funcionários das escolas", assegura o ministro italiano da saúde, Roberto Speranza.

Como diz a repórter da euronews, Giorgia Orlandi:

"A partir de hoje o Passaporte Verde, que contém o código QR com as informações pessoais de cada cidadão, torna-se obrigatório para entrar nos restaurantes, e em todos os recintos fechados, incluindo ginásios, cinemas e teatros. Estão também previstas multas pesadas para os infratores entre os 400 e os 1000 euros. E não só será possível utilizar o formato em papel, mas também o digital."