Última hora
This content is not available in your region

Apelo ao desarmamento nuclear no aniversário da tragédia Nagasaki

Access to the comments Comentários
De  Teresa Bizarro
euronews_icons_loading
Apelo ao desarmamento nuclear no aniversário da tragédia Nagasaki
Direitos de autor  AP/AP1945
Tamanho do texto Aa Aa

Os sinos voltaram a dobrar esta segunda-feira pelas vítimas da bomba de plutónio lançada sobre Nagasaki em 1945. Há 76 anos, três dias depois de Hiroshima, a explosão nuclear queimou quase toda a vida nesta cidade japonesa.

Às 11 horas e dois minutos, no momento em que a explosão aconteceu, fez-se um minuto de silêncio em memória das mais de 70 mil vidas perdidas naquele dia.

O presidente da Câmara de Nagasaki apelou ao governo central para que lidere a criação de uma zona livre de armas nucleares no nordeste asiático. Pediu também aos Estados Unidos e à Rússia para que façam mais pela eliminação deste tipo dearmamento. Um apelo feito também pelo secretário-geral da ONU.

Em agosto de 1945, entre Hiroshima e Nagasaki, maisde 200 mil pessoas morreram, vitímas do bombardeamento nuclear. O Japão rendeu-se dias depois, a 15 de Agosto, pondo fim à Segunda Guerra Mundial.