EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Protestos na Austrália contra medidas restritivas

Protestos na Austrália contra medidas restritivas
Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Australianos protestam contra restrições. Rio de Janeiro, no Brasil, anuncia que 90% dos adultos da cidade tem, pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19

PUBLICIDADE

Centenas de pessoas manifestaram-se, este sábado, em Melbourne e Sidney, na Austrália, contra as medidas restritivas impostas para combater a propagação da variante Delta da Covid-19.

Os protestos degeneraram em confrontos, com a polícia a ser obrigada a usar gás pimenta para dispersar as multidões. Várias pessoas foram detidas.

O anúncio do prolongamento do confinamento naquelas cidades, até 27 de setembro, com recolher obrigatório e o uso de máscaras nas ruas, foi feito na sexta-feira pelo Executivo de Scott Morrison.

No Brasil, as autoridades do Rio de Janeiro anunciaram que mais de 90% da população adulta recebeu já, pelo menos, uma dose da vacina contra a Covid-19.

No entanto, devido ao aumento de novos casos, atribuídos à variante Delta, a prefeitura prorrogou até 30 de agosto as medidas restritivas na cidade.

Na China, os cientistas acreditam que o país alcançará a imunidade de grupo no final de 2021, com mais de 80% da população inoculada.

Estudam agora a administração de uma terceira dose que, de acordo com os estudos, aumenta bastante os níveis de anticorpos.

Em Cuba, a autoridade reguladora de medicamentos do país (Cecmed) anunciou ter autorizado o uso emergencial das vacinas Soberana 2 e Soberana Plus, contra o novo coronavírus, desenvolvidas por cientistas cubanos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Australianos manifestam-se contra e em favor das medidas sanitárias

Cidadãos e residentes na Austrália poderão voltar a sair do país

Austrália quebra recorde diário de infeções