Última hora
This content is not available in your region

Parlamento tunisino encerrado "até nova ordem"

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Parlamento tunisino encerrado "até nova ordem"
Direitos de autor  FETHI BELAID/AFP
Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento da Tunísia vai permanecer encerrado. O presidente Kais Said prolongou, "até nova ordem" a suspensão da atividade da Assembleia, decretada a 25 de julho.

A decisão foi divulgada na página da presidência, na internet.

Segundo a agência EFE, uma fonte do palácio presidencial disse que Kais Said vai dirigir-se à nação nas próximas horas para discutir os motivos que o levaram a prolongar a suspensão do Parlamento.

Há um mês que o chefe de Estado assumiu todos os poderes. Desde então, Said ainda não nomeou um novo Governo.

Desde que interrompeu a normalidade democrática, Said aproveitou a oportunidade para introduzir mudanças na liderança de vários ministérios, em particular no Interior e nas Forças de Segurança, fundamentais para o controlo do Estado. Também intensificou o seu ataque aos partidos políticos, especialmente ao Ennahda.

Juristas e oposição do país denunciaram a medida como um "golpe de Estado".