Última hora
This content is not available in your region

Furacão Ida chega à costa da Luisiana

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Furacão Ida chega à costa da Luisiana
Direitos de autor  Eric Gay/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O furacão Ida chegou à costa da Luisiana e é já uma das tempestades mais fortes a ter alguma vez atingido os Estados Unidos. À medida que a tempestade avança em direção a Nova Orleães, vai deixando um rasto de destruição. Até o fluxo do rio Mississípi foi invertido devido aos fortes ventos, que chegaram aos 230 quilómetros por hora.

A chegada à costa deste furacão, que entretanto desceu de categoria 4 para 3, coincide com a data da chegada do furacão Katrina à Luisiana e ao Mississípi, há 16 anos. A tempestade de 2005, devastadora e mortífera, atingiu as mesmas zonas dos Estados Unidos que o Ida está agora a afetar. A comunidade local teme uma repetição.

O governador da Luisiana, John Bel Edwards, teme uma repetição do cenário de então: "Temos uma situação muito perigosa nas mãos. Podemos esperar um impacto devastador, que deve continuar durante pelo menos mais 24 horas, à medida que o furacão passa pelo Estado", disse.

O presidente Joe Biden diz que o Ida é uma tempestade que ameaça vidas e pode causar uma destruição que vai muito para além das zonas costeiras.

Um milhão de pessoas ficou sem eletricidade. Biden deixou o aviso de que o fornecimento de energia às zonas afetadas poderia demorar várias semanas a repor. Há já, pelo menos, uma morte a lamentar, a de uma pessoa dentro de uma casa atingida por uma árvore caída.