EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Furacão Ida chega à costa da Luisiana

Furacão Ida chega à costa da Luisiana
Direitos de autor Eric Gay/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Eric Gay/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  Ricardo Figueira
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Autoridades temem a repetição dos efeitos devastadores do Katrina, há 16 anos.

PUBLICIDADE

O furacão Ida chegou à costa da Luisiana e é já uma das tempestades mais fortes a ter alguma vez atingido os Estados Unidos. À medida que a tempestade avança em direção a Nova Orleães, vai deixando um rasto de destruição. Até o fluxo do rio Mississípi foi invertido devido aos fortes ventos, que chegaram aos 230 quilómetros por hora.

A chegada à costa deste furacão, que entretanto desceu de categoria 4 para 3, coincide com a data da chegada do furacão Katrina à Luisiana e ao Mississípi, há 16 anos. A tempestade de 2005, devastadora e mortífera, atingiu as mesmas zonas dos Estados Unidos que o Ida está agora a afetar. A comunidade local teme uma repetição.

O governador da Luisiana, John Bel Edwards, teme uma repetição do cenário de então: "Temos uma situação muito perigosa nas mãos. Podemos esperar um impacto devastador, que deve continuar durante pelo menos mais 24 horas, à medida que o furacão passa pelo Estado", disse.

O presidente Joe Biden diz que o Ida é uma tempestade que ameaça vidas e pode causar uma destruição que vai muito para além das zonas costeiras.

Um milhão de pessoas ficou sem eletricidade. Biden deixou o aviso de que o fornecimento de energia às zonas afetadas poderia demorar várias semanas a repor. Há já, pelo menos, uma morte a lamentar, a de uma pessoa dentro de uma casa atingida por uma árvore caída.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tempestade "Ida" de volta ao Atlântico com rasto de tragédia

Furacão "Ida" provoca um morto e passa a tempestade tropical

Tiroteio faz 18 mortos: Caça ao homem em curso nos Estados Unidos da América