EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Alemanha alerta para crise de refugiados afegãos e pede cooperação

Alemanha alerta para crise de refugiados afegãos e pede cooperação
Direitos de autor Airman 1st Class Kylie Barrow/AP
Direitos de autor Airman 1st Class Kylie Barrow/AP
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ministro dos Negócios Estrangeiros visitou o Catar, onde pediu à comunidade internacional atenção ao fluxo migratório

PUBLICIDADE

A Alemanha alertou esta terça-feira para a urgência de uma crise de refugiados depois da retirada dos EUA do Afeganistão.

As consequências da saída dos EUA do Afeganistão começam a aparecer. Os líderes europeus lutam para responder ao fluxo migratório e concentram-se na relação política com aquele que é o novo poder no afeganistão, os Talibã. 

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha visitou o Catar, onde deixou admitiu que "todos os envolvidos estão absolutamente cientes da urgência e também sabem que sem cooperação internacional não será possível controlar esta situação extraordinariamente difícil". 

Heiko Maas diz também que "não há como contornar as negociações com os Talibã", por haver uma necessidade de "resolver problemas" como a "operação contínua do aeroporto" e, por outro lado, por "não podermos permitir a instabilidade no Afeganistão.", explicou o ministro alemão. 

O Catar também tem recebido refugiados do Afeganistão, e antes de Cabul ser tomado, desempenhou um papel de mediador entre as duas partes, governo afegão e talibãs.

Agora, pedem aos talibã que se comprometam a acabar com o terrorismo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Afegãos recebem ajuda humanitária da União Europeia

Amal representa os refugiados e é uma mensagem para a Europa

Incerteza marca futuro dos afegãos no Reino Unido