EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Novo Governo no Afeganistão estará para breve

Novo Governo no Afeganistão estará para breve
Direitos de autor frame
Direitos de autor frame
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Novo Governo afegão poderá surgir já na sexta-feira. Vladimir Putin diz que crise no Afeganistão é culpa dos Estados Unidos

PUBLICIDADE

O Afeganistão poderá ter um novo Governo já na sexta-feira, segundo um porta-voz dos talibãs, citado por "media" britânicos.

Um dos principais desafios do novo Executivo será reanimar a economia, destruída nas últimas semanas.

As Nações Unidas advertiram que os alimentos no Afeganistão poderão acabar ainda este mês, agravando ainda mais a crise no país.

Para o presidente da Rússia, a atual situação é resultado da intervenção dos Estados Unidos da América e por isso, Vladimir Putin aponta o dedo à Casa Branca.

"Durante 20 anos... 20 anos! As tropas norte-americanas estiveram neste território (ed, afegão) e durante 20 anos tentaram, pode dizer-se sem ofender ninguém, 'civilizar' as pessoas que lá vivem, enquanto, de facto, tentaram impor as suas normas e padrões de vida. O resultado é apenas tragédias, apenas perdas", sublinha Putin.

Moscovo adotou uma política de diálogo com os talibãs, reconheceu a vitória dos islamistas e apelou ao "diálogo nacional".

Entretanto, a diplomacia da União Europeia está a acelerar os contactos com o Qatar, que está a negociar com os Talibãs estratégias para assegurar a continuação da retirada de pessoas que querem abandonar o país.

O Qatar pediu ao novo regime para permitir a criação de "corredores seguros" para os civis.

Espera-se que os talibãs iniciem, em breve, conversações com o Qatar e com a Turquia sobre o reinício das operações aeroportuárias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Regresso às aulas em Cabul

Rússia captura aldeia na região de Donetsk

Ataques com drones provocam vários incêndios em Kharkiv