Última hora
This content is not available in your region

Greve dos maquinistas paralisa ferrovia alemã, Deutsche Bahn recorre à justiça

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
Greve dos maquinistas paralisa ferrovia alemã, Deutsche Bahn recorre à justiça
Direitos de autor  TOBIAS SCHWARZ/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

Os comboios estarão parados até à próxima terça-feira na Alemanha... a não ser que a justiça intervenha. Para já, o tribunal de Frankfurt rejeitou a providência cautelar interposta para impedir a greve convocada pelos maquinistas, mas a Deutsche Bahn pode recorrer da decisão.

A empresa acusa o sindicato estar mais preocupado em travar uma guerra política e jurídica do que em encontrar soluções.

A paralisação, que teve início na tarde de quarta-feira para os comboios de mercadorias e nas primeiras horas de quinta-feira para o transporte de passageiros, tem o fim previsto para 7 de setembro. Os grevistas reivindicam um aumento salarial de 3,2% e um bónus para fazer face à covid-19.

Apesar da empresa que gere o setor ferroviário na Alemanha ter cedido nos aumentos salariais e no bónus coronavírus, o sindicato dos maquinistas considerou inaceitáveis as condições impostas, devido à calendarização dos aumentos e ao facto de não se aplicarem a trabalhadores com menos de 14 meses de antiguidade.