Última hora
This content is not available in your region

Gabriel Medina conquista Liga Mundial de surf com um "backflip"

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
Gabriel Medina "voa" para o título mundial
Gabriel Medina "voa" para o título mundial   -   Direitos de autor  Apu GOMES / AFP
Tamanho do texto Aa Aa

Gabriel Medina conquistou pela terceira vez o título de campeão da Liga Mundial de Surf.

Depois dos triunfos de 2014 e 2018, e no final de um ano controverso devido à forma como foi eliminado nos Jogos Olímpicos, Medina voltou agora a festejar numa final 100 por cento brasileira nas ondas de Lower Trestles, na Califórnia, e com uma prestação no mínimo sublime.

Gabriel Medina derrotou na final o compatriota Filipe Toledo e cumpriu o sonho de entrar para o restrito clube de surfistas tricampeões do mundo.

"Estou muito contente. Foi um ano intenso e competitivo. Respeito todos os atletas que participaram nesta final do 'tour'- Foi um ano em que cada um de nós competiu física e mentalmente. É difícil chegar aqui. Fui abençoado com esta vitória e agradeço a Deus a oportunidade", afirmou o novo tricampeão mundial de surf, após a consagração.

Realizei o meu maior sonho. Sonhei muito com este momento. Parecia impossível, mas agora estou aqui. Estou muito satisfeito.
Gabriel Medina
Tricampeão da Liga Mundial de Surf

Filipe Toledo deu muita luta a Medina e cometeu alguns erros nas primeiras baterias de ondas. Os dois brasileiros tiveram ainda a visita de um tubarão, que obrigou a suspender o duelo,.

Quando a final foi retomada, apesar do derradeiro esforço de Toledo, mas Medina arriscou tudo num "backflip" e correu bem. O mortal à retaguarda decidiu o título em definitivo e o novo campeão foi abraçado ainda no mar pelo finalista vencido.