Última hora
This content is not available in your region

Evergrande falha pagamento de 71 milhões e confirma incertezas

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
evergrande
evergrande   -   Direitos de autor  evergrande
Tamanho do texto Aa Aa

Evergrande falha o prazo previsto de pagamento de juros de uma das dividas acumuladas e tem agora 30 dias para o fazer.

Empresa chinesa Evergrande não pagou os 71 milhões de euros que tem em juros de uma de dívida, uma das muitas das acumulas ao longo do últimos anos. O pagamento deveria ter acontecido esta quinta-feira, mas a empresa confirmou que não fez a transação, passo que acaba por dar início a uma série de incumprimentos com consequências ainda incertas para economia.

A gigante imobiliária tem agora 30 dias para pagar este valor. Se não o fizer entra em situação de _default, _ou seja, incumprimento oficial do empréstimo.

Esta falta de rembolso da divida no valor de 71 milhões de euros faz com que tenha sido dado mais um passo para a incerteza do futuro da empresa e da economia do mundo inteiro. As consequências ainda não são conhecidas, mas Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu já veio descansar os mercados, garante que a Europa sentirá de forma limitada o que possa acontecer à gigante chinesa.

A Evergrande é considerada uma das empresas mais endividadas do planeta. Estima-se que o total das dividas atinjam os 260 mil milhões de euros. Mais do que a riqueza de Portugal.