EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Homenagear finalmente as mulheres da Bauhaus

Bauhaus
Bauhaus Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Exposição em Weimar tenta inverter esquecimento histórico

PUBLICIDADE

Dörte Helm foi uma das muitas mulheres de talento que passaram pela Bauhaus, a revolucionária escola alemã de arquitetura. E, no entanto, os seus nomes são hoje amplamente... desconhecidos. Há agora uma exposição na cidade de Weimar para tentar repor a verdade histórica.

Elas não tiveram a oportunidade de se expressar plenamente, para que fossem reconhecidas como artistas nos dias de hoje. E queremos tentar compensar esse facto.
Patrick Rössler
Co-curador

"Muitas delas tiveram destinos trágicos, no início do século 20. Estamos a tentar reparar o esquecimento a que foram votadas", explica a co-curadora Anke Blümm.

Nenhuma das alunas da Bauhaus viu o fim da Segunda Guerra Mundial. Algumas foram perseguidas pelo regime nazi por serem judias ou comunistas, outras apanhadas na purga estalinista. Os colegas masculinos foram ocupando todas as páginas dos livros escolares.

"Quando olhamos para as obras, é notável o incrível talento que distinguiu estas mulheres. Elas não tiveram a oportunidade de se expressar plenamente, para que fossem reconhecidas como artistas nos dias de hoje. E queremos tentar compensar um pouco esse facto, olhando para a sua existência", afirma Patrick Rössler, co-curador.

Foram cerca de 460 mulheres a frequentar a Bauhaus. Só foi possível, até agora, reconstituir os dados biográficos de apenas dois terços dessas estudantes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Comprar peças originais sem ir à falência: bem-vindos à feira de arte acessível de Hong Kong

"The place to be": Art Paris 2024 coloca as galerias de arte francesas no centro das atenções

Como fazer arte a partir de metal descartável? A resposta vem das montanhas da Hungria