EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

"Um compromisso com a democracia"

"Um compromisso com a democracia"
Direitos de autor Hendrik Schmidt/(c) dpa-Zentralbild POOL
Direitos de autor Hendrik Schmidt/(c) dpa-Zentralbild POOL
De  Euronews com Lusa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No feriado nacional da Alemanha, Angela Merkel pediu mais liberdade, diálogo e tolerância

PUBLICIDADE

No feriado do “Dia da Unidade”, Angela Merkel pediu à Alemanha um "compromisso com a democracia". Na cerimónia que contou com a presença do presidente Frank-Walter Steinmeier e de várias figuras importantes do governo alemão, no estado de Saxónia-Anhalt, a ainda chanceler lançou também um apelo implícito aos partidos políticos alemães. Para Merkel, é preciso ultrapassar as divisões, quando estão em curso negociações, que podem ser difíceis, para formar governo.

"Devemos continuar a construir o nosso país. Podemos discutir a forma como fazer isso no futuro, mas sabemos que temos a solução e que é preciso ouvirmos a opinião uns dos outros e dialogar", disse Merkel, no discurso para assinalar a reunificação alemã em 1990.

"Temos as nossas diferenças, mas também temos coisas em comum. Devemos estar prontos a conhecer os outros (...) e a ter a capacidade de lidar com as diferenças", afirmou a ainda chanceler, acrescentando que "essa é a lição de 31 anos de unidade alemã".

Estas são as primeiras declarações de Merkel em relação ao resultado das eleições de domingo passado e à situação política atual.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

CDU de Angela Merkel derrotada

NATO lança centro de comando da Ucrânia na Alemanha

Alemanha "preocupada" com resultados das eleições francesas apesar da derrota da extrema-direita