Última hora
This content is not available in your region

Voltou a festa à Maratona de Londres!

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
euronews_icons_loading
Espectadores e atletas amadores voltam a celebrar em Londres
Espectadores e atletas amadores voltam a celebrar em Londres   -   Direitos de autor  Tolga Akmen / AFP
Tamanho do texto Aa Aa

O Reino Unido reviveu este domingo mais um evento travado no ano passado pela Covid-19.

A Maratona de Londres voltou a ter atletas amadores e espetadores, juntando dezenas de milhares de pessoas, depois de no ano passado a Covid-19 ter obrigado a organização a restringir a prova à elite dos atletas profissionais, num trajeto limitado ao Parque de Saint James.

Além dos 50 mil atletas inscritos, incluindo 40 mil amadores, foram muitas as pessoas que se juntaram também à beira da estrada para celebrar o evento.

"Foi muito bom. Não corria uma maratona desde 2019 porque não pude estar na prova exclusiva para elites no ano passado. Foi ótimo estar de volta com a multidão", afirmou Charlotte Purdue, que terminou em 10.° na prova feminina.

Atleta amador e já veterano, John Freeman concordou com Purdue que "foi mesmo muito bom" estar de volta: "Foi fantástico. Fiz a corrida virtual no ano passado e não foi o mesmo. Mas isto foi mesmo muito bom. As multidões foram excelentes. Grande ambiente."

Celebrações dos amadores aparte, entre os profissionais da elite, os triunfos nesta Maratona de Londres foram para o etíope Sisay Lemma na prova masculina e para a queniana Joyciline Jepkosgei na feminina.