This content is not available in your region

Intercetado iate com cinco toneladas de cocaína

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Intercetado iate com cinco toneladas de cocaína
Direitos de autor  Jerome Favre/MTI/MTVA

Uma operação conjunta da Polícia Judiciária (PJ) portuguesa, da Polícia Nacional espanhola e das autoridades antidroga do Reino Unido e dos Estados Unidos levou à maior apreensão de cocaína feita pela PJ nos últimos 15 anos e maior de sempre num veleiro. Mais de cinco toneladas desta droga estavam dissimuladas no iate que foi intercetado no Oceano Atlântico, a 300 milhas da costa Portuguesa.

Diz Antonio Martínez Duarte, chefe da brigada antidroga da Polícia Nacional espanhola: "O importante desta operação, sem dúvida, é que tirámos do mercado e da sociedade cinco toneladas de cocaína que já não vão para as nossas ruas, mas também a detenção dos três tripulantes, pessoas que já foram investigadas várias vezes pelas autoridades de Espanha e de Portugal. Pessoas muito ativas, conhecedoras do mundo da navegação e do narcotráfico marítimo".

Os três detidos são dois espanhóis e um peruano, que tripulavam o iate de bandeira espanhola que fazia a ligação entre a América do Sul e a Península Ibérica, de onde a cocaína iria seguir para o resto da Europa. A droga apreendida tinha um valor de mercado de 200 milhões de euros.