EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Austin avisa para a "desestabilização" russa no Mar Negro

Austin avisa para a "desestabilização" russa no Mar Negro
Direitos de autor Andreea Alexandru/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Andreea Alexandru/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews com Agências
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na Roménia, o Secretário da Defesa dos Estados Unidos enviou mais um recado a Moscovo

PUBLICIDADE

Uma visita à Europa cheia de recados para Moscovo. Em Bucareste, o Secretário da Defesa dos Estados Unidos acusou a Rússia de desestabilizar a região do Mar Negro.

Horas antes, dois bombardeiros norte-americanos foram "escoltados" por dois cargueiros russos quando atravessavam, precisamente o Mar Negro.

Para os Estados Unidos é mais um sinal de que a Rússia quer recuperar o o domínio da região.

"As actividades desestabilizadoras da Rússia na região do Mar Negro refletem as ambições de recuperar uma posição dominante na região e de impedir a realização de uma Europa inteira, livre e em paz," afirma Lloyd J. Austin.

Para além da Roménia, o Mar Negro banha diretamente a Ucrânia, a Bulgária, a Geórgia e a Turquia. É lá que está a península da Crimeia. Austin dá como provas da fragilidade "à agressão russa" as "acções em curso na Ucrânia oriental e a ocupação de partes da Geórgia ".

Os comentários antecederam uma reunião da NATO, em Bruxelas, e acompanham a espira de tensão entre a Rússia e a Aliança Atlântica.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Festival das Tulipas na Roménia, uma tradição com mais de meio século

Mansão do rei Carlos III na Roménia reabriu ao público

Partidos de direita da Roménia juntam esforços para campanha às europeias