EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Investigação a caso de Alec Baldwin revela falta de segurança nas filmagens

Investigação a caso de Alec Baldwin revela falta de segurança nas filmagens
Direitos de autor ANGELA WEISS/AFP or licensors
Direitos de autor ANGELA WEISS/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ator matou acidentalmente, esta quinta-feira, a diretora de fotografia de "Rust", no local de filmagens. Depoimentos relatam falta de segurança na rodagem do filme.

PUBLICIDADE

Depois da tragédia, muitas questões surgem agora com a investigação à morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, após o disparo acidental de uma arma de fogo, esta quinta-feira, pelo ator Alec Baldwin.

Depoimentos de vários profissionais presentes na rodagem do filme *Rust", do qual Baldwin era produtor. dão conta de falta de condições de trabalho e problemas de segurança.

A arma de adereço disparada pelo ator não devia ter munições reais e, de acordo com testemunhas, foi-lhe dada por um assistente de realização que garantiu poder usá-la em segurança.

Dias antes, outro incidente com armas de fogo tinha já ocorrido com um duplo do protagonista.

Guillaume Delouche trabalha com cineastas de Hollywood, a quem fornece armas há três décadas. Para o especialista, várias salvaguardas devem proteger os locais de filmagem e as equipas.

"Se utilizarmos munições reais para treinar atores, o que é perfeitamente normal, fazêmo-lo numa carreira de tiro. Mas as munições reais não têm lugar num cenário de um filme. Cabe ao responsável pelos adereços ou das armas ter a certeza de que o ator vai usar a arma de uma forma fluida, e cabe-nos a nós pensar na segurança, não ao ator", afirma o armeiro.

Alec Baldwin já reagiu à morte acidental de Hutchins.  Através de uma publicaçâo no Twitter, o ator disse: "não há palavras para expressar o meu choque e tristeza pelo trágico acidente",

Na mesma publicação, Baldwin revelou ainda estar "a cooperar plenamente com a investigação policial" em curso e prestou condolências à família.

Halyna Hutchins tinha 42 anos, era referida como uma promissora profissional da indústria do cinema e deixa marido e filho. Além da morte da diretora de fotografia, também o realizador Joel Souza foi ferido, tendo já tido alta hospitalar. 

As filmagens foram imediatamente suspensas por tempo indeterminado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alec Baldwin acusado de homicídio culposo

Alec Baldwin chocado e triste após provocar morte de Halyna Hutchins

Biden assina pacote de ajuda de 95 mil milhões de dólares para Ucrânia, Israel e Taiwan