EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Líderes do G20 discutem medidas para combater o aquecimento global

Líderes do G20 discutem medidas para combater o aquecimento global
Direitos de autor Stefan Rousseau/PA Media
Direitos de autor Stefan Rousseau/PA Media
De  euronews com AFP; EFE
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

G20 inicia segundo dia da Cimeira em Roma. Este domingo, discute medidas para combater as alterações climáticas.

PUBLICIDADE

Os líderes das 20 maiores economias do mundo iniciaram o segundo e último dia da Cimeira, em Roma, com um passeio pelo centro histórico da capital italiana e cumpriram a tradição para garantir o regresso à Cidade Eterna, atiraram uma moeda para a Fontana de Trevi.

No sábado, após uma reunião à margem do programa do encontro, a chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente francês, Emmanuel Macron, o presidente norte-americano, Joe Biden, e o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, reuniram-se para discutir o programa nuclear do Irão.

A chanceler germânica referiu que esperam que o Irão regresse à mesa das negociações. Merkel afirmou que estão preocupados pois o Governo de Teerão continua a enriquecer urânio por isso, era necessário discutirem o que pode ser feito para garantir que o Irão nunca possa desenvolver ou adquirir armas nucleares.

No sábado, o G20 comprometeu-se com a meta da Organização Mundial de Saúde de vacinar 70% da população mundial, contra a Covid-19, em 2022.

Os líderes das economias mais industrializadas do mundo chegaram a um acordo histórico, aprovando um imposto global mínimo de 15% sobre os lucros das empresas multinacionais.

O G20, que representa cerca de 80% das emissões globais de gases de efeito de estufa, vai debruçar-se, neste último dia de Cimeira, sobre medidas para combater o aquecimento global e as alterações climáticas.

De acordo com a agência France Press, chegaram já a um acordo para manter o teto do aquecimento global em 1,5 graus Celsius, acima dos níveis pré-industriais, e para serem tomadas medidas para conseguir alcançar esse objetivo.

A reunião dos ministros da energia e do ambiente do G20, em julho, não conseguiu estabelecer um objetivo comum após os grandes poluidores China e Índia se terem recusado a aceitá-lo.

A intenção do G20 era chegar a um consenso sobre uma posição comum para a Cimeira das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP26), que começa hoje (31 de outubro) em Glasgow, na Escócia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Onda de calor marinha atinge as ilhas britânicas

Stoltenberg diz que 23 países da NATO vão atingir limite mínimo de despesa militar

Biden apoia o filho após condenação, mesmo sem indulto. "Estamos orgulhosos do homem que ele é hoje"