This content is not available in your region

Líderes do G20 discutem medidas para combater o aquecimento global

Access to the comments Comentários
De  euronews  com AFP; EFE
euronews_icons_loading
Líderes do G20 discutem medidas para combater o aquecimento global
Direitos de autor  Stefan Rousseau/PA Media

Os líderes das 20 maiores economias do mundo iniciaram o segundo e último dia da Cimeira, em Roma, com um passeio pelo centro histórico da capital italiana e cumpriram a tradição para garantir o regresso à Cidade Eterna, atiraram uma moeda para a Fontana de Trevi.

No sábado, após uma reunião à margem do programa do encontro, a chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente francês, Emmanuel Macron, o presidente norte-americano, Joe Biden, e o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, reuniram-se para discutir o programa nuclear do Irão.

A chanceler germânica referiu que esperam que o Irão regresse à mesa das negociações. Merkel afirmou que estão preocupados pois o Governo de Teerão continua a enriquecer urânio por isso, era necessário discutirem o que pode ser feito para garantir que o Irão nunca possa desenvolver ou adquirir armas nucleares.

No sábado, o G20 comprometeu-se com a meta da Organização Mundial de Saúde de vacinar 70% da população mundial, contra a Covid-19, em 2022.

Os líderes das economias mais industrializadas do mundo chegaram a um acordo histórico, aprovando um imposto global mínimo de 15% sobre os lucros das empresas multinacionais.

O G20, que representa cerca de 80% das emissões globais de gases de efeito de estufa, vai debruçar-se, neste último dia de Cimeira, sobre medidas para combater o aquecimento global e as alterações climáticas.

De acordo com a agência France Press, chegaram já a um acordo para manter o teto do aquecimento global em 1,5 graus Celsius, acima dos níveis pré-industriais, e para serem tomadas medidas para conseguir alcançar esse objetivo.

A reunião dos ministros da energia e do ambiente do G20, em julho, não conseguiu estabelecer um objetivo comum após os grandes poluidores China e Índia se terem recusado a aceitá-lo.

A intenção do G20 era chegar a um consenso sobre uma posição comum para a Cimeira das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP26), que começa hoje (31 de outubro) em Glasgow, na Escócia.