This content is not available in your region

Alunos e professores testam estrada solar nos Países Baixos

De  Aurora Velez  & euronews
euronews_icons_loading
Alunos e professores testam estrada solar nos Países Baixos
Direitos de autor  euronews

O campus Brightlands Chemelot nos Países Baixos participa no projeto europeu Rolling Solar.

O projeto visa produzir energia a partir de painéis fotovoltaicos instalados na estrada. Há vários fatores a ter em conta, nomeadamente, o número de veículos e o desgaste e a eficiência do pavimento em diferentes condições climáticas.

"Estamos a começar a transição energética, nos Países Baixos. Temos painéis que produzem cerca de cinco gigawatts de energia. Temos que chegar aos 250, em 2050. E esperamos que cerca de um quinto des painéis, seja integrado em infraestruturas. Estamos a falar de uma quantidade enorme de energia que será produzida em estradas solares. Estamos na Holanda, um país muito denso, não podemos ter muitas centrais fotovoltaicos. Por isso, é importante integrar os painéis solares nos edifícios e nas infraestruturas", disse à euronews Zeger Vroon, professor da Universidade de Ciências Aplicadas de Zuyd.

A equipa do professor Zeger Vroon está determinada em levar a cabo a transição energética. "Parece uma estrada normal, mas não tem as propriedades de uma estrada normal. Para mim, é importante trabalhar para conceber a estrada solar. Gosto de ser inovador e quero fazer algo pela próxima geração. É o que representa para mim a estrada solar", afirmou um aluno que participa no projeto.