This content is not available in your region

Croácia homenageia vítimas do cerco de Vukovar

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
Croácia homenageia vítimas do cerco de Vukovar
Direitos de autor  Copyright /AFP or licensors

18 de novembro de 1991. Após quase três meses de cerco, a cidade croata de Vukovar caía nas mãos das forças sérvias. Trinta anos depois, milhares de pessoas desfilaram nas ruas da cidade para homenagear as mais de três mil vítimas mortais do cerco.

O desfile contou com a participação dos dois homens fortes da política croata, o Presidente Zoran Milanović e o primeiro-ministro Andrej Plenković, que se mostraram indiferentes à tensão das últimas semanas e fizeram tréguas por uns momentos em memória de Vukovar.

Para o chefe do Governo, as vítimas do cerco tratam-se de "heróis a quem o povo croata deve a sua liberdade e democracia".

A cidade croata resistiu praticamente três meses aos bombardeamentos constantes das forças sérvias durante a guerra da ex-Jugoslávia até cair com cerca de 85% dos edifícios destruídos. Acabou por ser reintegrada, de forma pacífica, na Croácia em 1998.

Desde o ano passado que a memória das vítimas de Vukovar é um feriado nacional no país.