This content is not available in your region

Novi Sad é uma das três capitais europeias da cultura em 2022

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Novi Sad é uma das três capitais europeias da cultura em 2022
Direitos de autor  Darko Vojinovic/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.

Novi Sad, a segunda maior cidade da Sérvia, é uma das três capitais europeias da cultura em 2022.

Com uma história e arquitectura únicas, mas também cidade natal de artistas e cientistas sérvios famosos - a quem prestou homenagem iluminando o património antigo e as pontes novas para o novo ano. "4 Pontes Novas" é um dos slogans do projeto que coloca a cultura no centro do desenvolvimento social e económico.

O programa consistiu em quatro pontes que contam a história da Europa e de Novi Sad do ângulo das identidades, mas também aborda temas e desafios europeus atuais. (...) Esta gama de investimentos na área da cultura não acontecia há 50 anos, mais ou menos, em Novi Sad
Nemanja Milenković
Presidente da Fundação "Novi Sad 2022"

A nova capital europeia da cultura transforma espaços industriais em galerias, estúdios de arte e palcos teatrais que vão partilhar a programação com a sala de concertos da cidade - que dá as boas vindas à música clássica. O título europeu, trouxe o violinista mundialmente famoso Stefan Milenković até Novi Sad.

Estou aqui por causa da minha família e porque é um desafio para mim participar directamente na vida da música clássica na Sérvia. Um dos factores-chave é, evidentemente, um clima criativo fenomenal.
Stefan Milenkovic
Violinista

Instituições culturais e artistas independentes foram chamados a fazer parte do que os organizadores apelidam como o início da transformação de Novi Sad.

Em 2022, através de festivais, exposições, peças de teatro ou concertos, esta cidade concentra-se em questões como a migração, o futuro da Europa, a criatividade feminina e a importância da paz.

Mais de 4000 artistas farão parte da capital europeia da cultura. Novi Sad vai acolher mais de 1500 eventos, na esperança que o número de turistas na cidade volte a aumentar, após dois anos marcados pela pandemia de Covid-19.
Natasa Kovacev
EURONEWS