Professor afegão detido pelos talibãs

Sobrinha de professor detido pelos talibãs preocupada com detenção
Sobrinha de professor detido pelos talibãs preocupada com detenção Direitos de autor AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Faizuallah Jalal foi acusado de provocar pessoas contra o governo nas redes sociais

PUBLICIDADE

Os talibãs prenderam Faizuallah Jalal, um conhecido professor universitário de Cabul.

Segundo um porta-voz do grupo, o professor fez "comentários disparatados nas redes sociais, que estavam a provocar pessoas contra o governo e a brincar com a dignidade dos afegãos".

Uma sobrinha do professor mostra preocupação com a detenção. "Estou realmente triste e preocupada com ele", disse Sudaba Adina à The Associated Press. "O seu pecado é que ele está a viver no Afeganistão e era um homem verdadeiro", disse, acrescentando que "ele teve a coragem de criticar o governo".

Entretanto, um grupo de mulheres organizou um protesto este domingo, na capital do Afeganistão, para exigir a libertação de Faizuallah Jalal. Cantaram slogans que incluíam "falar não é um crime" e "a voz do professor Jalal é a voz do povo".

Os Talibãs tomaram o controlo do Afeganistão depois de terem invadido a capital em agosto. O país enfrenta uma crise humanitária de proporções épicas, com as Nações Unidas a advertir que 90% dos 38 milhões de pessoas do país estão numa situação de extrema necessidade.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Fome no Afeganistão

Dois prisioneiros detidos em Guantánamo regressam ao Afeganistão

Jato privado com seis pessoas a bordo despenhou-se no Afeganistão