This content is not available in your region

Professor afegão detido pelos talibãs

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Sobrinha de professor detido pelos talibãs preocupada com detenção
Sobrinha de professor detido pelos talibãs preocupada com detenção   -   Direitos de autor  AP

Os talibãs prenderam Faizuallah Jalal, um conhecido professor universitário de Cabul.

Segundo um porta-voz do grupo, o professor fez "comentários disparatados nas redes sociais, que estavam a provocar pessoas contra o governo e a brincar com a dignidade dos afegãos".

Uma sobrinha do professor mostra preocupação com a detenção. "Estou realmente triste e preocupada com ele", disse Sudaba Adina à The Associated Press. "O seu pecado é que ele está a viver no Afeganistão e era um homem verdadeiro", disse, acrescentando que "ele teve a coragem de criticar o governo".

Entretanto, um grupo de mulheres organizou um protesto este domingo, na capital do Afeganistão, para exigir a libertação de Faizuallah Jalal. Cantaram slogans que incluíam "falar não é um crime" e "a voz do professor Jalal é a voz do povo".

Os Talibãs tomaram o controlo do Afeganistão depois de terem invadido a capital em agosto. O país enfrenta uma crise humanitária de proporções épicas, com as Nações Unidas a advertir que 90% dos 38 milhões de pessoas do país estão numa situação de extrema necessidade.