EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Três turistas espanhóis mortos a tiro no Afeganistão

Foto:
Foto: Direitos de autor Massoud Hossaini/AP
Direitos de autor Massoud Hossaini/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em espanhol

Milícia de homens armados disparou contra grupo, que incluía um cidadão afegão que também foi morto e um quarto espanhol que ficou ferido. O ataque teve lugar na cidade de Bamiyan, a 180 quilómetros de Cabul.

PUBLICIDADE

Três turistas espanhóis morreram esta sexta-feira num tiroteio numa zona de turismo do Afeganistão. Segundo as infomações mais recentes, uma milícia de homens armados disparou contra um grupo de pessoas, maioritariamente estrangeiras. Um cidadão afegão também foi morto e há um quarto espanhol que ficou ferido no ataque.

De acordo com o Ministério do Interior afegão, quatro pessoas foram detidas. 

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez disse estar "chocado" com a tragédia. O grupo de turistas atingido incluía também um norueguês, um australiano e um lituano, para além de três outros afegãos, que ficaram feridos.

Bamiyan é o principal destino turístico do Afeganistão

Bamiyan, que albergava duas estátuas monumentais de Buda destruídas em 2001 pelos talibãs, é o principal destino turístico do Afeganistão. Os ataques mortais contra estrangeiros têm sido raros desde que os talibãs regressaram ao poder em agosto de 2021. Se confirmado, o ataque de sexta-feira é o primeiro a turistas desde que os talibãs voltaram a assumir a liderança.

A região de Bamiyan é maioritariamente habitada por membros da comunidade xiita Hazara. Esta minoria religiosa, historicamente perseguida, tem sido repetidamente alvo do grupo Estado Islâmico, que a considera herege.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Oito dezenas de raparigas envenenadas em escolas no Afeganistão

Organizações não-governamentais regressam ao Afeganistão

Os talibãs retomaram o poder no Afeganistão há um ano