This content is not available in your region

Prisão de Guantánamo faz 20 anos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Prisão de Guantánamo faz 20 anos
Direitos de autor  LYNNE SLADKY/AP2002

Já passaram vinte anos desde que os Estados Unidos criaram a Prisão de Guantánamo em Cuba, um centro de detenção que nunca existiu sem polémica e controvérsia. Foi criado na sequência dos ataques de “11 de Setembro”. Durante as últimas duas décadas, passaram por lá cerca de 780 homens. Os críticos falam de tortura e do incumprimento da lei.

Letta Taylor, do gabinete de Crise e Conflitos da Human Rights Watch, lamenta que nenhum membro da Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos (CIA) “tenha sido responsabilizado pela transferência ilegal de pelo menos 119 homens, e pela tortura de pelo menos 39”. Diz que “há cinco detidos que foram acusados pelo envolvimento nos ataques de “11 de Setembro” e nenhum deles foi levado a julgamento”. Letta Taylor critica o sistema das chamadas “comissões militares” que não funcionam como um tribunal normal.

O presidente norte-americano já disse que quer fechar a prisão. Mas há planos para a ampliação do espaço, com um investimento de um milhão de dólares para a construção de um tribunal.