This content is not available in your region

Grafia latina permitida em documentos lituanos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Grafia latina permitida em documentos lituanos
Direitos de autor  AP Photo/Mindaugas Kulbis

Depois de um impasse de décadas, o parlamento da Lituânia deu luz verde à grafia original de nomes em caracteres latinos, em documentos pessoais.

A decisão, permite utilizar as letras "q", "x" e "w", que não existem no alfabeto do país, nos casos em que cidadãos assumem os apelidos não lituanos dos seus cônjuges.Também se aplica se os pais, avós ou antepassados tiverem a cidadania de outro país e o seu nome e apelido tiverem caracteres não lituanos.

Para Viktorija Cmilyte-Nielsen, oradora do parlamento, este é um passo muito importante em termos de direitos humanos e de política de segurança relacionada com os países vizinhos. “Mas, primeiro que tudo, é uma questão de dignidade humana", defende.

Alguns políticos, mesmo na coligação governamental, estão contra a decisão e um grupo de deputados pede ao presidente para vetar o projecto de lei.

Audronius Azubalis, do partido União Nacional-Lituano-Democrata Cristã, cita o professor de linguística Vincas Urbutis para dizer que “isto é simplesmente uma traição à língua lituana”.

A questão da grafia original dos nomes dos polacos que contêm caracteres não-lituanos é um tema recorrente em reuniões bilaterais entre Vilnius e Varsóvia.

Os estrangeiros que até agora quiseram a grafia original nos documentos oficiais tiveram de recorrer aos tribunais.