This content is not available in your region

Petrolífera NAM pede licença para exploração de petróleo em Roterdão até 2050

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Petrolífera NAM pede licença para exploração de petróleo em Roterdão até 2050
Direitos de autor  AFP

É extraído petróleo dos solos de Charlois há mais de trinta anos, um bairro da classe trabalhadora no sul de Roterdão. A maioria dos residentes nunca soube o que se passava debaixo dos seus pés até a empresa petrolífera NAM ter decidido pedir uma licença para continuar até 2050.

Foram recolhidas 2000 assinaturas contra a companhia de exploração de petróleo e de gás evocando que extração de gás numa província do norte do país (Groningen) provocou terramotos e consequentes danos em casas.

A NAM estima que a subsidência - o afundamento gradual da terra, seja no máximo de 2 centímetros como resultado da extração de petróleo até 2050. Nos últimos 35 anos, o assentamento gradual para baixo da superfície do solo foi de 5 centímetros. De acordo com a companhia petrolífera, a probabilidade de sismos como resultado da extração de petróleo é "muito pequena".