EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Petrolífera NAM pede licença para exploração de petróleo em Roterdão até 2050

Petrolífera NAM pede licença para exploração de petróleo em Roterdão até 2050
Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A maioria dos residentes nunca soube o que se passava debaixo dos seus pés até a empresa ter decidido pedir uma licença para continuar.

PUBLICIDADE

É extraído petróleo dos solos de Charlois há mais de trinta anos, um bairro da classe trabalhadora no sul de Roterdão. A maioria dos residentes nunca soube o que se passava debaixo dos seus pés até a empresa petrolífera NAM ter decidido pedir uma licença para continuar até 2050.

Foram recolhidas 2000 assinaturas contra a companhia de exploração de petróleo e de gás evocando que extração de gás numa província do norte do país (Groningen) provocou terramotos e consequentes danos em casas.

A NAM estima que a subsidência - o afundamento gradual da terra, seja no máximo de 2 centímetros como resultado da extração de petróleo até 2050. Nos últimos 35 anos, o assentamento gradual para baixo da superfície do solo foi de 5 centímetros. De acordo com a companhia petrolífera, a probabilidade de sismos como resultado da extração de petróleo é "muito pequena".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Partidos de direita chegam a acordo sobre nova coligação nos Países Baixos

Países Baixos lembram vítimas da Segunda Guerra Mundial

Sete pessoas julgadas por fornecer droga suicida a mais de 600 pessoas nos Países Baixos