This content is not available in your region

Mundo do ténis rendido a Nadal

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com Lusa
euronews_icons_loading
Mundo do ténis rendido a Nadal
Direitos de autor  Hamish Blair/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

Rafael Nadal fez história este domingo ao conquistar o "Open da Austrália", o primeiro Grand Slam da temporada. O tenista espanhol é recordista isolado em torneios deste nível, com 21 taças. Nadal, de 35 anos, entrou também para lista dos vencedores mais velhos deste torneio australiano

O mundo do ténis ficou rendido

Nas redes sociais, Roger Federer deu os parabéns a um “amigo e rival” e disse que “nunca se pode subestimar um grande campeão”.

Novak Djokovic também escreveu uma mensagem para o tenista espanhol. Destacou uma “conquista incrível e um espírito de luta impressionante”.

Depois da vitória, Rafael Nadal garantiu que não tem intenções de abandonar a carreira. Revelou que agora tem "muita energia" para regressar a Melbourne no próximo ano.

Os melhores do mundo

Um dia depois de Rafael Nadal conquistar o 21.º título do Grand Slam em Melbourne Park, não são muito significativas as alterações na hierarquia mundial, uma vez que hoje apenas foram descontados os pontos do Open da Austrália de 2020. Os pontos do primeiro ‘major’ da temporada de 2021 só serão contabilizados no final de fevereiro.

Ainda assim, esta semana verifica-se uma diferença mais reduzida entre os tenistas que ocupam os lugares cimeiros, entre os quais Novak Djokovic, deportado da Austrália, e o russo Daniil Medvedev (2.º ATP), vice-campeão em Melbourne, o alemão Alexander Zverev (3.º), eliminado na quarta ronda, e o grego Stefanos Tsitsipas, que só foi travado nas meias-finais e é quarto colocado, à frente do esquerdino e bicampeão do Open da Austrália, Rafael Nadal.