Derrocada de uma colina mata mais de 20 pessoas no Equador

Equipas de socorro transportam uma das vítimas da derrocada em Quito
Equipas de socorro transportam uma das vítimas da derrocada em Quito Direitos de autor AP Photo/Dolores Ochoa
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A derrocada de uma colina revelou-se trágica em Quito, a capital do Equador. Várias casas e um campo de futebol ficaram soterrados

PUBLICIDADE

A derrocada de uma colina enfraquecida pelas chuvas provocou uma onda de lama, que varreu diversas casas e cobriu um campo de futebol, em Quito, a capital do Equador.

Segundo as autoridades, pelo menos 24 pessoas terão perdido a vida.

Ferramentas manuais, maquinaria pesada e até vassouras, tudo tem servido para que as equipas de resgate e os moradores do bairro tentem encontrar sobreviventes nas montanhas de lama que se acumularam.

O cenário é desolador. "Atingiu esta zona toda", diz um morador, apontando com os braços. "Os daqui salvaram-se; aqui uma família ficou sepultada; ali havia mortos e já os retiraram", conclui.

Imagens da derrocada mostraram ondas de lama, com cerca de 3 metros de altura, transportando veículos, caixotes do lixo e outros destroços sob uma chuva intensa, na segunda-feira à noite, nos bairros de La Gasca e Armero, nas encostas da montanha Ruco Pinchincha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Protestos no Equador: Governo classifica as seis mortes como "danos colaterais"

Quedas de árvores fazem cinco mortos na Polónia

Tempestade Mónica faz pelo menos três mortos no sul de França