Lavrov fala com Putin sobre "oportunidade" de acordo no âmbito da tensão na Ucrânia

Lavrov fala com Putin sobre "oportunidade" de acordo no âmbito da tensão na Ucrânia
Direitos de autor AP Photo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ministro russo dos Negócios Estrangeiros e Vladimir Putin falaram de uma "oportunidade" de acordo com o Ocidente sobre a segurança na Europa

PUBLICIDADE

O Ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, informou o presidente Vladimir Putin que há uma "oportunidade" de acordo com o Ocidente em matéria de segurança.

Em imagens divulgadas na televisão pública da Rússia, de uma reunião cuidadosamente orquestrada, Lavrov afirmou: "Como chefe do Ministério dos Negócios Estrangeiros, devo dizer que há sempre uma 'oportunidade' de chegar a acordo".

Como chefe do Ministério dos Negócios Estrangeiros, devo dizer que há sempre uma 'oportunidade' de chegar a acordo
Sergei Lavrov
Ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia

Há quem veja nesta mensagem um sinal de possível desescalada da tensão na Ucrânia.

Enquanto a diplomacia vai ensaiando soluções, os militares vão ensaiando os ataques.

O Ministério da Defesa russo divulgou, esta segunda-feira, imagens mostrando combatentes russos e bielorrussos a patrulhar a fronteira aérea bielorrussa como parte de exercícios militares conjuntos.

O canal de televisão do Ministério da Defesa bielorrusso, Voen TV, divulgou imagens de tanques a disparar, em simulacros, no campo de treino de Gozhsky, na Bielorrússia.

A Rússia reuniu tropas perto da fronteira com a Ucrânia e enviou tropas para os exercícios chamados Allied Resolve na vizinha Bielorrússia, mas nega insistentemente a sua intenção de lançar uma ofensiva contra a Ucrânia.

O Ocidente teme que os exercícios possam ser utilizados por Moscovo como cobertura para uma invasão da Ucrânia.

A capital ucraniana, Kiev, situa-se a cerca de 75 quilómetros da fronteira com a Bielorrússia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia e repúblicas separatistas discutem abertura de embaixadas

Rússia aborta lançamento do foguetão Angara-A5 a minutos da descolagem

Rússia e Cazaquistão vivem "piores cheias em décadas"