This content is not available in your region

Possibilidade de acordo nuclear com o Irão após quase um ano de conversações

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Possibilidade de acordo nuclear com o Irão após quase um ano de conversações
Direitos de autor  یورونیوز

As difíceis negociações para reavivar o acordo nuclear com o Irão de 2015 podem estar a chegar ao fim. Segundo os diplomatas iranianos, após quase um ano de conversações um acordo poderá ser possível, mas exigiram uma série de condições: como a garantia que os Estados Unidos vão honrar os seus compromissos e não vão abandonar novamente o pacto, como em 2018.

O correspondente da euronews, Babak Kamiar, falou com o Ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano Hossein Amir Abdollahian, que pede maior flexibilidade ao Ocidente.

Estamos a aproximar-nos de um acordo, mas ainda há algumas questões que são as nossas linhas vermelhas. Até agora houve muita criatividade e mostrámos mais flexibilidade na mesa de negociações. Se dissermos que estamos mais perto do que nunca de negociar - porque informamos os americanos através de intermediários e três países europeus foram informados pelos meus colegas em Viena ou por mim próprio - estamos a dizer-lhes muito... Claramente, agora é a vossa vez e é tempo de ver maior criatividade e flexibilidade do lado ocidental.

Acreditamos que se os lados ocidentais virem o que se passa em Viena de forma mais realista, em poucas horas, poderemos finalizar o acordo. Desta forma, para nós, fixar um calendário exato para o acordo está nas mãos do lado ocidental. Vamos permanecer na mesa de negociações com seriedade, apesar do lado ocidental ter levantado a possibilidade de abandonar a mesa várias vezes durante as duras negociações.
Hossein Amir-Abdollahian
Ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão