This content is not available in your region

Claustro italiano abre portas à "loucura na arte contemporânea"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
"Tem medo da enormidade do possível", uma obra em néon do artista Alfredo Jaaral
"Tem medo da enormidade do possível", uma obra em néon do artista Alfredo Jaaral   -   Direitos de autor  AP Photo

O velho Claustro desenhado por Donato Bramante, na viragem para o século XVI, em Roma, está diferente por estes dias. No edifício de origem renascentista, uma explosão de cor estende a passadeira à loucura da contemporaneidade, sob a curadoria de y Danilo Eccher.

Vinte e um artistas internacionais tomaram conta dos espaços exteriores e interiores para levarem os visitantes numa viagem à insanidade do mundo atual, passo a passo por universos sem estruturas rígidas, nem restrições.

Uma única regra foi respeitada pelos artistas: todas as obras são imersivas.

Os visitantes são convidados a percorrer os caminhos da "Crazy. Loucura na arte contemporânea", de 19 de fevereiro a 8 de janeiro do próximo ano, no Claustro de Bramante, em Roma.