Crise na Ucrânia penaliza mercados

Crise na Ucrânia penaliza mercados
Direitos de autor Ivan Sekretarev/AP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bolsa de Moscovo (MOEX) recua para níveis de 2008

PUBLICIDADE

O aprofundar da crise entre a Rússia e a Ucrânia está a ter um forte impacto nos mercados mundiais.

Na Ásia, as principais bolsas abriram, esta terça-feira, no vermelho com o índice Nikkei da Bolsa japonesa de Tóquio a recuar 2,2% e o Hang Seng de Hong Kong a registar perdas de 3,2%.

O principal índice da bolsa de Moscovo, o MOEX, terminou a sessão, na segunda-feira, a cair cerca de 11%, renovando mínimos de 2008, logo depois de o Kremlin ter reconhecido a independência das regiões separatistas de Donetsk e Luhanks no leste ucraniano.

As bolsas europeias fecharam a sessão, também, no vermelho. O índice de referência Stoxx 600 fechou a cair 1,9%, o nível mais baixo das últimas três semanas. Berlim, Paris, Londres e Lisboa acumularam perdas.

Nos Estados Unidos da América, o Nasdaq a registar uma derrapagem de 1,2% e o Dow Jones e recuar 0,7%

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bolsas começam semana com fortes quedas

Lágrimas, aplausos e gritos por "Navalny" no funeral do opositor russo

"Não vamos esquecer". Milhares de pessoas no funeral de Navalny em Moscovo