This content is not available in your region

Líderes da UE discutem crise russo-ucraniana em cimeira de emergência em Bruxelas

Access to the comments Comentários
De  euronews
Líderes da UE discutem crise russo-ucraniana em cimeira de emergência em Bruxelas
Direitos de autor  Michel Euler/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

Uma cimeira de emergência esta quinta-feira, em Bruxelas, para discutir a crise entre a Rússia e a Ucrânia. Os líderes da União Europeia reúnem-se e adotarão novas sanções no caso da Rússia avançar com um ataque militar.Numa carta endereçada a estes líderes, o Presidente do Conselho Europeu disse ser importante definir uma abordagem conjunta. Nas redes sociais, Charles Michel saudou também a adoção das novas sanções e a união manifestada entre os países.

Numa publicação no twitter disse que a: "Europa está unida na sua resposta às ações ilegais da Rússia e às ameaças à Ucrânia e ao seu povo. Que saúdam a rápida adoção do pacote de sanções por parte do Conselho Europeu acrescentando que defendem uma ordem internacional baseada em regras".

Esta quarta-feira entrou em vigor o primeiro pacote de sanções que visa o círculo próximo de Putin, com impato direto no Ministro da Defesa russo Sergey Shoigu e na diretora do Departamento de Informação e Imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Maria Zakharova.

Para além de figuras próximas do Presidente da Rússia, as sanções europeias afetam também centenas de membros da Duma (351) com ligações ao Kremlin e o setor da banca.

Foi igualmente anunciado um embargo comercial às regiões separatistas. O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, continua a fazer apelos ao Ocidente para que a apoie a Ucrânia tanto a nível diplomático como militar.