This content is not available in your region

Crise humana em Mariupol

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Crise humana em Mariupol
Direitos de autor  frame

Várias crianças de Mariupol, na Ucrânia, foram encaminhadas para um hospital em Zaporizhia. Não se sabe, no entanto, se fazem parte do grupo de pessoas que foram resgatadas dos escombros do Teatro Drama que foi arrasado durante os bombardeamentos russos. Cercados, há vários dias, pelas forças invasoras, os habitantes de Mariupol desesperam...

"Mais de 35.000 pessoas foram, já, resgatadas de Mariupol. Os trabalhos de salvamento estão em curso no local do bombardeamento pelos ocupantes do teatro, onde as pessoas de Mariupol se esconderam dos bombardeamentos. Neste momento, sabemos que conseguimos salvar mais de 130 pessoas, mas centenas de residentes de Mariupol ainda estão debaixo dos escombros. Apesar dos bombardeamentos, apesar de todas as dificuldades, vamos continuar as operações de salvamento", assegura o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy.

O Ministério da Defesa russo publicou, entretanto, imagens daquilo que diz ser uma conquista do exército no terreno, sublinhando que a ofensiva militar na Ucrânia está a decorrer como planeado.

Em Kharkiv, no leste ucraniano, pelo menos 12 pessoas morram nos ataques das forças russas a hospitais, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

Em Donetsk, prosseguem os violentos confrontos entre as forças russas, apoiadas pelas milícias pró-russas, e as forças ucranianas. Pelo menos quatro civis perderam a vida, esta sexta-feira.