This content is not available in your region

O pior clube do mundo quer vencer

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AFP
euronews_icons_loading
Íbis Sport Club é conhecido como o pior clube do mundo mas agora quer virar a página
Íbis Sport Club é conhecido como o pior clube do mundo mas agora quer virar a página   -   Direitos de autor  AFP

Dizem-se, hoje mais por questões de marketing, "a pior equipa do mundo" de futebol, e têm orgulho nisso, é preciso frisar. Mas o que tem de sobra, o Íbis Sport Club, é o bom humor, chegando mesmo os adeptos a vibrar com as derrotas - que lhe valeram o recorde do Guiness de mais tempo sem vitórias - e a protestar, em gesto de brincadeira, quando vencem, porque isso pode destruir o seu nome e fama.

Isaías Santos, adepto desta equipa paulista, dizia que "ele tem que continuar" a ser a pior equipa do mundo, porque "é a tradição do clube". Mas não descarta a possibilidade de mudanças, "dependendo dos resultados".

O jogador conhecido por Bala referia que "carregar esse peso de ser o pior time do mundo, eu pensei que era uma coisa de baixo astral. Mas não, é muito diferente. É uma energia muito boa (...)".

Já Israel Leal, um jornalista, que também torce pelo clube e já escreveu um livro sobre o mesmo, explicava que o "(...) o Íbis se parece muito com a gente quando tá num período mais para baixo e a gente começa a lutar pra poder vencer. O Íbis luta para vencer. Nem sempre vence, mas quando vence é muita festa da gente que torce pelo Íbis".

Ainda assim, e porque hoje as derrotas não são tão pesadas como na década de 80 do século passado, querem virar a página.

Em junho do ano passado assinaram o maior contrato publicitário de sempre, do clube com uma empresa de apostas online. O caminho desta ambiciosa equipa, que chegou a convidar Lionel Messi para se juntar ao seu plantel, comprometendo-se a não marcar muitos golos, pode levá-los a grande conquista. Até porque, na época passada, e pela primeira vez em 21 anos, foram promovidos à primeira divisão do Campeonato de Pernambuco.

Editor de vídeo • Nara Madeira