This content is not available in your region

Grand Slam de Antália: arranque em força da prova do circuito mundial de judo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Jessica Klimkait
Jessica Klimkait   -   Direitos de autor  FRANCK FIFE/AFP or licensors

Teve início esta sexta-feira o Grand Slam de Antália de Judo, prova do circuito mundial que reúne os melhores atletas da modalidade.

Em -48kg, a final foi disputada por duas judocas da Mongólia, com Narantsetseg Ganbaatar a sagrar-se vencedora após uma luta longa e difícil.

O diretor financeiro da Federação Internacional de Judo, Naser Al Tamimi, apresentou as medalhas da categoria.

Nos -60kg, o medalhista olímpico de prata do Taiwan, Yung Wei Yang, derrotou, com um golpe de braços, o georgiano ex-campeão mundial, Lukhumi Chkvimiani, levando para casa a sua segunda medalha de ouro num Grand Slam desde os Olimpícos.

O judoca foi premiado pelo Embaixador do Taiwan na Turquia, Volkan Chih-Yang Huang.

A condição física do meu adversário é muito, muito boa, por isso foi uma luta muito disputada. Lukhumi tem muito talento e tem um alto nível técnico.
Yung Wei Yang

Na final de -52kg, a húngara Reka Pupp mostrou uma perseverança incrível . Depois de estar a perder, conseguiu dar a volta ao jogo e vencer a adversária uzbeque, por Ippon.

As judocas foram condecoradas pelo chefe dos Serviços Desportivos do Ministério turco da Juventude e Desporto, Fatih Uysal.

O talismã da Moldávia, Denis Vieru, esteve na sua melhor forma, avançando sem problemas até à final dos -66kg, onde conquistou uma vitória tática sobre o brasileiro Willian Lima.

O diretor de Desporto da Federação Internacional de Judo, Vladimir Barta, apresentou as medalhas.

Nos -57kg, a canadiana atual campeã do mundo e medalhista de bronze Olímpica, Jessica Klimkait, regressou em força e igual a si mesma, àquela que foi a sua primeira competição desde os Olimpícos de Tóquio, vencendo a francesa Sarah Leoni Cysique.

A judoca foi condecorada pela Diretora de Eventos da Federação Internacional de Judo , Lisa Allan.

Para ser franca, a minha primeira luta foi um choque, tive que me adaptar a uma competição deste nível e ao público na assistência. Mas à medida que o dia passava, regressei à minha rotina e correu tudo bem.
Jessica Klimkait

A nação anfitriã explodiu de alegria com este enorme Uchi mata da jovem turca Sila Ersin, o nosso Movimento do dia. A judoca lançou a experiente Shira Rishony, do Israel, apanhando-a desprevenida e levando o público da casa ao rubro.

A comitiva portuguesa

Portugal compete no Grand Slam de Antália com uma equipa de nove judocas.

Telma Monteiro (-57 kg) e Rodrigo Lopes (-60 kg) foram esta sexta-feira quintos classificados, com ambos derrotados já no combate pela medalha de bronze. Telma Monteiro perdeu frente à brasileira Jéssica Lima e Rodrigo Lopes frente ao espanhol Francisco Garrigos.

Em ação estiveram ainda Catarina Costa (-48 kg), Joana Diogo (-52 kg) e Francisco Mendes (-60 kg), mas sem resultados.

No Sábado, dia da competição das categorias médias de peso, estarão em prova Bárbara Timo (-63 kg) e João Fernando (-81 kg). No domingo, será a vez de Patrícia Sampaio (-78 kg) e Jorge Fonseca (-100 kg).