This content is not available in your region

Eleições legislativas na Hungria: continuidade ou mudança?

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Hungria
Hungria   -   Direitos de autor  Petr David Josek/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

Os húngaros votam este domingo em eleições legislativas.

O país está face a uma escolha decisiva: arriscar-se numa coligação de partidos da oposição diversificada e pró-ocidental, ou conceder ao primeiro-ministro nacionalista, Viktor Orban, um quarto mandato consecutivo.

Depois de votar, Viktor Orban disse: "Estou otimista. Esta é uma eleição estranha, por exemplo, a neve está a cair a 3 de abril, o que raramente acontece. Além disso, devido à guerra, a questão da guerra ou da paz entrou na campanha. A nossa posição é clara, estamos do lado da paz e da segurança garantida. Vemos os nossos rivais como perigosos, pedimos a todos que votassem naqueles que podem garantir a paz e a segurança".

As sondagens recentes sugerem uma disputa taco a taco, com algumas a darem uma ligeira vantagem ao Fidez, de Orban.

A coligação de oposição de seis partidos, Unidos pela Hungria, pediu aos eleitores que apoiassem os seus esforços para introduzir uma nova cultura política no país, baseada numa governação pluralista e em alianças com a União Europeia e a NATO.

Para além da eleição dos deputados, os húngaros estão a ser convidados a responder a quatro perguntas relacionadas com a recente lei anti-LGBT+, que proíbe a discussão da "mudança de sexo e homossexualidade" a pessoas com menos de 18 anos.