This content is not available in your region

Dor e incompreensão em Bucha

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Corpos em fossa comum, Bucha (Ucrânia)
Corpos em fossa comum, Bucha (Ucrânia)   -   Direitos de autor  Rodrigo Abd/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

Serhii Kaplychnyi nunca pensou testemunhar na primeira pessoa e de tão perto os horrores da guerra.

Funcionário da câmara municipal de Bucha, viu as ruas da localidade periférica de Kiev repletas de cadáveres, durante o curto período da ocupação russa, e explica as dificuldades para recuperar os corpos:

"Este é o perímetro no qual [os russos] nos permitiam recolher os corpos e enterrá-los. Mas quando os nossos iam fazê-lo, eles disparavam contra os veículos nos postos de controlo. Recolhiam os corpos por sua própria conta e risco, para que não fossem devorados pelos cães vadios."

Homens, mulheres, crianças e idosos: em Bucha, as histórias de horror não têm género nem idade e há apenas dor e incompreensão.

Liuba, residente de Bucha:"Não desejaria isto nem ao pior dos meus inimigos. Uma mãe dá à luz e qualquer mãe lutaria com isto. Dói e é uma ferida que nunca vai sarar."

Imagens de satélite mostram uma vala comum onde estão dezenas de corpos, junto a uma igreja da localidade. 

O Kremlin nega a responsabilidade dos seus soldados mas, em Bucha, ninguém têm dúvidas sobre os responsáveis.