This content is not available in your region

"Há indícios de crime de guerra" em Bucha

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Mais de 400 civis assassinados em Bucha
Mais de 400 civis assassinados em Bucha   -   Direitos de autor  AFP

O presidente ucraniano visitou a cidade de Bucha e não conseguiu conter a emoção perante a magnitude do massacre.

Volodymyr Zelenskyy afirmou estarmos perante um crime de guerra perpetrado pela Rússia.

À euronews, o porta-voz do presidente ucraniano, Sergii Nykyforov, conta o que viu.

"Havia pessoas com as mãos e pernas atadas e com tiros e buracos de balas na nuca. Havia pessoas com sinais claros de tortura, havia corpos meio queimados... E estou a falar de civis e não de militares. Penso que nos permite dizer que pode ter havido um crime de guerra. Há indícios de que se tratou de um crime de guerra".

E as acusações russas de que as imagens são falsas e encenadas?

SN:"Havia dezenas, talvez centenas, de jornalistas internacionais em Bucha - não só de países ocidentais, mas de todo o mundo. Não ouvi uma única afirmação de que pudesse ter sido uma provocação encenada".

No atual contexto, como podem as negociações de paz progredir?

SN: "Todas as guerras terminam com um acordo de paz. Não há outra opção, portanto, nós não temos outras opções, a não ser negociar com a Rússia não importa o quão difícil seja para nós fazê-lo depois de termos visto estas imagens".