EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

"Há indícios de crime de guerra" em Bucha

Mais de 400 civis assassinados em Bucha
Mais de 400 civis assassinados em Bucha Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente da Ucrânia visita Bucha. Porta-voz de Volodymyr Zelenskyy diz que massacre constitui "crime de guerra"

PUBLICIDADE

O presidente ucraniano visitou a cidade de Bucha e não conseguiu conter a emoção perante a magnitude do massacre.

Volodymyr Zelenskyy afirmou estarmos perante um crime de guerra perpetrado pela Rússia.

À euronews, o porta-voz do presidente ucraniano, Sergii Nykyforov, conta o que viu.

"Havia pessoas com as mãos e pernas atadas e com tiros e buracos de balas na nuca. Havia pessoas com sinais claros de tortura, havia corpos meio queimados... E estou a falar de civis e não de militares. Penso que nos permite dizer que pode ter havido um crime de guerra. Há indícios de que se tratou de um crime de guerra".

E as acusações russas de que as imagens são falsas e encenadas?

SN:"Havia dezenas, talvez centenas, de jornalistas internacionais em Bucha - não só de países ocidentais, mas de todo o mundo. Não ouvi uma única afirmação de que pudesse ter sido uma provocação encenada".

No atual contexto, como podem as negociações de paz progredir?

SN: "Todas as guerras terminam com um acordo de paz. Não há outra opção, portanto, nós não temos outras opções, a não ser negociar com a Rússia não importa o quão difícil seja para nós fazê-lo depois de termos visto estas imagens".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cidade ucraniana de Bucha está em reconstrução

"É um genocídio" o que aconteceu em Bucha diz negociador ucraniano

Aos poucos, aldeias de Kharkiv e Zaporíjia vão sendo reconstruídas