This content is not available in your region

Papa Francisco apela à paz na Ucrânia

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Papa apelou ao fim dos conflitos no mundo
Papa apelou ao fim dos conflitos no mundo   -   Direitos de autor  Alessandra Tarantino/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

O Papa Francisco fez, este domingo, um angustiado apelo à paz na Ucrânia e noutros pontos do globo, na tradicional mensagem pascal.

A partir da varanda da Basílica de São Pedro, e perante mais de 50 mil fiéis, o Sumo Pontífice alertou ainda para o risco "perturbador" de uma guerra nuclear.

Dois anos após o início da pandemia da Covid-19, Francisco referiu-se à "perplexidade" que se sente com esta “Páscoa de guerra" "sem sentido.

Que haja paz para a atormentada Ucrânia, tão duramente posta à prova pela violência e destruição da guerra cruel e sem sentido para a qual foi arrastada.
Papa Francisco

O Papa pediu à população mundial para que não se habitue à guerra e que continue a apelar à paz. Francisco pediu, ainda, "aos líderes das nações para que ouçam o apelo do povo", concedendo depois a bênção Urbi et Orbi.

O Sumo Pontífice mencionou os conflitos do Médio Oriente e exortou, também, à paz e reconciliação para os povos do Líbano, Síria e Iraque.

Citou, ainda, a Líbia e o Iémen, "que sofre com um conflito esquecido por todos".

Francisco pediu, também, o "acesso livre" aos lugares sagrados de Jerusalém; onde confrontos nos últimos dias na Esplanada das Mesquitas entre a polícia israelita e palestinianos fizeram mais de 150 feridos.