EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Xangai com tolerância zero para novo surto de covid-19

AP
AP Direitos de autor Mark Schiefelbein/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Mark Schiefelbein/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo confirmou a morte de três infetados, todos acima dos 70 anos

PUBLICIDADE

Uma juíza nos EUA revogou a lei que obrigava as pessoas a usarem máscara nos aviões e nos transportes públicos.

Apontada para o cargo por Donald Trump, Kathryn Mizelle, juíza distrital de Tampa, Florida, decidiu suspender a diretiva nacional que tinha acabado de ser prolongada até 3 de maio.

Entretanto, a Casa Branca anunciou que vai organizar uma cimeira virtual para discutir o fim da crise de covid-19. O encontro serve para planear quais os cuidados a ter nos próximos tempos em relação ao vírus que mudou o mundo, em 2020.

Xangai com tolerância zero a novo surto

A maioria dos 25 milhões de habitantes da cidade está em casa, em confinamento obrigatório há várias semanas.

Quem testar positivo, é levado para um centro de quarentena durante uma semana. De acordo com o governo, morreram três infetados desde o início do novo surto. As três pessoas tinham mais de 70 anos. 

Cruzeiros regressam a Sydney

Na Austrália, festejou-se a chegada do primeiro navio de cruzeiro a Sydney depois de dois anos pós-pandemia. Sydney é o porto mais importante para a rota turística da região.

O "Pacific Explorer" da P&O vai arrancar, no próximo mês para uma viagem. A bordo levará 1998 passageiros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Habitantes de Xangai exigem fim do confinamento devido a covid-19

China endurece medidas contra a Covid-19

Xangai regista 39 mortes por Covid-19