This content is not available in your region

Ramos-Horta eleito presidente de Timor-Leste

Access to the comments Comentários
De  euronews  com Lusa
euronews_icons_loading
Ramos-Horta ocupa presidência pela segunda vez
Ramos-Horta ocupa presidência pela segunda vez   -   Direitos de autor  ANTONIO DASIPARU/EPA

José Ramos-Horta foi eleito presidente da República de Timor-Leste pela segunda vez. Nesta segunda volta do escrutínio presidencial, o Prémio Nobel da Paz obteve 62,09% dos votos, derrotando o atual chefe de Estado Francisco Guterres Lú-Olo que se ficou pelos 37,91%.

Ramos-Horta tomará posse no dia 20 de maio, na data em que o país assinala duas décadas da restauração da independência.

O chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, falou hoje por telefone com José Ramos-Horta, a quem transmitiu "calorosas felicitações" pela eleição para Presidente da República de Timor-Leste e expressou "sinceros votos de sucesso".

De acordo com uma nota publicada no sítio oficial da Presidência da República Portuguesa na Internet, nesta conversa "foi referida a visita, no mês que vem", de Marcelo Rebelo de Sousa a Timor-Leste "para participar nas comemorações do 20.º aniversário da independência e estar presente na tomada de posse do novo Presidente", em 20 de maio.

O Governo português felicitou, também, José Ramos-Horta pela eleição nas presidenciais timorenses, elogiando o seu "exemplo democrático" e garantindo-lhe que "Portugal é e sempre será um parceiro e um aliado empenhado de Timor-Leste".

"José Ramos-Horta, um dos rostos mais relevantes da luta pela autodeterminação do Povo timorense, foi eleito Presidente da República. Parabéns pelo exemplo democrático! Portugal é e sempre será um parceiro e um aliado empenhado de Timor-Leste", declarou o Ministério dos Negócios Estrangeiros através da rede social _Twitter. _