This content is not available in your region

Narcotraficante colombiano extraditado para os EUA

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Usuga era o líder do maior grupo de narcotráfico da Colômbia, o "Clã do Golfo"
Usuga era o líder do maior grupo de narcotráfico da Colômbia, o "Clã do Golfo"   -   Direitos de autor  AP/AP

A Colômbia extraditou para os Estados Unidos da América um dos maiores narcotraficantes do país.

Dairo António Usuga, também conhecido por "Otoniel", era o líder do maior grupo de narcotráfico da Colômbia, o "Clã do Golfo".

Para o presidente colombiano, Iván Duque, Usuga está ao mesmo nível do antigo líder do "Cartel de Medellín":

"Este criminoso é comparável apenas com Pablo Escobar. Não só é o narcotraficante mais perigoso do mundo, como também um assassino de líderes sociais, abusador de crianças, rapazes, raparigas e adolescentes, assassino de polícias e um dos criminosos mais perigosos do mundo."

Dairo Usuga, de 50 anos, foi detido a 23 de outubro.

Foi extraditado para os Estados Unidos a pedido de um tribunal de Nova Iorque onde decorre, desde 2009, um julgamento. O narcotraficante tinha a cabeça a prémio nos Estados Unidos por cinco milhões de dólares, o equivalente a 4 milhões e 700 mil euros.

As autoridades estimam que sob o comande de Usuga, o "Clã do Golfo" tenha exportado cerca de 300 milhões de toneladas de cocaína para vários países.