This content is not available in your region

Volodymyr Zelenskyy: um símbolo para a Ucrânia e o mundo

Access to the comments Comentários
De  Anelise Borges  & Euronews
euronews_icons_loading
Volodymyr Zelenskyy -
Volodymyr Zelenskyy -   -   Direitos de autor  FABRICE COFFRINI/AFP or licensors

Volodymyr Zelenskyy dispensa apresentações. Nos últimos meses, o presidente ucraniano tornou-se o símbolo máximo da resistência e da soberania nacional.

Neste momento, ele é um símbolo não só para o nosso país mas para o mundo inteiro. Um símbolo de luta contra um agressor. Não só temos esperança como acreditamos que, no futuro, tudo será melhor.
Residente de Kryvyi Rih

O antigo ator transformado em dirigente, que cresceu num bairro operário da cidade de Kryvyi Rih, é a voz da esperança do povo ucraniano.

Claro que o conheço. Ele jogava futebol com o meu filho, que me diz que ele era simples, bem disposto, e ousado. E, ao que parece, não é nada corrupto, Deus o proteja.
Liudmila, residente de Kryvyi Rih
É muito boa pessoa, muito consciencioso. Confiamos nele e temos orgulho dele, porque conseguiu unir o mundo inteiro. E acreditamos que vai correr tudo bem.
Residente de Kryvyi Rih

Quando a Rússia invadiu a Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy afirmou que não pretendia partir. Queria ficar e queria ajuda para defender o país. Desde então, não só tem mobilizado o mundo e obtido apoio militar e financeiro mas está também a transformar o sistema político internacional.

Compreendemos que as leis internacionais não funcionam devido à ofensiva russa e à guerra. O equilíbrio de poder não funciona e organizações internacionais tais como a ONU mostram-se impotentes para pôr fim à ofensiva. Portanto, devemos construír um novo sistema de relações internacionais, e o presidente Volodymyr Zelenskyy é uma das pessoas que pode ajudar a fazê-lo.
Sergei Bykov, analista político

À medida que a luta da Ucrânia contra o quinto maior exército do mundo continua, o presidente Volodymyr Zelenskyy reclama já uma grande vitória, a de ganhar a atenção dos líderes internacionais para a necessidade de mudança.