This content is not available in your region

Representante da Rússia na ONU abandona sala durante discurso de Charles Michel

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
aP
aP   -   Direitos de autor  Mosa'ab Elshamy/Copyright 2018 The Associated Press. All rights reserved.

O embaixadordaRússia nas Nações Unidas, Vassily Nebenzia, abandonou uma reunião do Conselho de Segurança da ONU durante o discurso do presidente do Conselho Europeu.

Charles Michel acusou Moscovo de provocar uma crise alimentar global com a invasão da Ucrânia. As palavras não agradaram ao diplomata russo, que saiu da sala durante a intervenção do presidente do Conselho Europeu.

"Pode sair da sala. Talvez seja mais fácil não ouvir a verdade, caro embaixador."
Charles Michel
Presidente do Conselho Europeu

Num duro discurso, recheado de críticas à Rússia, Charles Michel culpou o Kremlin pela falta de cereais retidos na Ucrânia.

O momento em que o representante de Moscovo sai da sala não foi captado pelas câmeras que estavam fixas em Charles Michel.

Ao ver o diplomata levantar-se da cadeira, Charles Michel afirmou, de forma irónica, que era "melhor" e mais "fácil" o embaixador sair da sala, "do que ouvir a verdade"

"Pode sair da sala. Talvez seja mais fácil não ouvir a verdade, caro embaixador.", disse Charles Michel. 

Milhões de toneladas de cereais ucranianos retidos

De acordo com Kiev, estiveram retidos nos portos do mar negro entre 20 a 25 milhões de toneladas de cereais.

Os EUA dizem que a Rússia já está a vender o produto ucraniano para o mercado internacional, de forma a lucrar e a ganhar dinheiro para alimentar a máquina da guerra.

A Rússia sempre disse que só desbloquearia os cereais se o ocidente anulasse as sanções contra a Federação russa. Os EUA acusaram Putin de chantagem. Nenhum dos lados cedeu.

Antes do conflito, a Ucrânia era o quarto maior exportador de trigo e de milho do mundo. As cadeias de abastecimento pararam, o que fez com que os preços aumentassem em toda a Europa.