EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Governo dos Países Baixos quer redução drástica de emissões poluentes

Pecuária nos Países Baixos
Pecuária nos Países Baixos Direitos de autor Eurovision
Direitos de autor Eurovision
De  Nara Madeira com AP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo dos Países Baixos quer reduzir, drasticamente, as emissões de óxidos de azoto, sobretudo as emissões poluentes da agricultura.

PUBLICIDADE

O governo dos Países Baixos quer reduzir, drasticamente, as emissões de óxidos de azoto. O objetivo é diminuir entre 70% a 95%, dependendo de onde, para proteger o meio ambiente. Pretende-se uma redução de 50% no total de emissões até 2030. 

Uma "transição inevitável". A ministra do Ambiente, Christianne van der Wal,explicava que é preciso reduzir as emissões e que, infelizmente, o setor agrícola contribui muito para elas. Acrescentava que foi feito um esforço enorme para reduzi-las "mas, lamentavelmente, não foi suficiente. É preciso reduzir muito mais", concluia a governante.

Uma decisão que não agrada aos agricultores, num país que é o segundo maior exportador agrícola do mundo, depois dos Estados Unidos da América. 

Espera-se que a revolta se expresse, seja de que forma for, num setor que representa muito para a economia do país. Sjaak van der Tak, da Associação de Agricultura e Horticultura dos Países Baixos afirmava que os membros da referida organização "dizem que é suficiente, o limite foi atingido". O que significa que irão "preparar ações apropriadas para deixar claro, de forma digna, que estes planos não são aceitáveis".

O pequeno país de 17,5 milhões de habitantes tem quase quatro milhões de bovinos, 12 milhões de porcos e 100 milhões de aves.

Outras fontes • NOS

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Festival do Arenque de volta aos Países Baixos

Países Baixos recusam dependência energética da Rússia

Gazprom corta gás aos Países Baixos