This content is not available in your region

Chéquia assume presidência rotativa do Conselho da União Europeia

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AFP
euronews_icons_loading
Primeiro-ministro checo na cimeira da NATO
Primeiro-ministro checo na cimeira da NATO   -   Direitos de autor  Manu Fernandez/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

A Chéquia assume a presidência rotativa do Conselho da União Europeia com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel a deslocar-se a Praga. O país sucede a França com a Ucrânia a manter-se no topo da agenda dos próximos seis meses.

Petr Fiala, primeiro-ministro checo, explicou, em conferência de imprensa, que foi acordado com Charles Michel que se realizará um "Conselho Europeu extraordinário" durante a presidência checa, em Praga em outubro. Foi ainda abordado o projeto "Europa Alargada" que, explicava o chefe do executivo, "poderá vir a ser uma plataforma para todos os países europeus de espírito democrático se reunirem".

Quinta-feira, à margem da cimeira da NATO, em Madrid, França entregou, simbolicamente, o testemunho. O país procurou dar passos no caminho da Bulgária e Macedónia do Norte em direção à União Europeia, mas é a Ucrânia que vai marcar os próximos meses.

A gestão da crise dos refugiados ucranianos, a reconstrução do país, a independência energética da União Europeia em relação à Rússia e o reforço das capacidades de defesa do bloco forte europeu são algumas das questões sobre as quais os checos se vão debruçar.

Outras fontes • CT